Seguidores

TRADUTOR

sexta-feira, 6 de abril de 2012

VIDA DE SANTO ALBERTO DE LOUVAINE



(21 de NOVEMBRO)

VIDA DE SANTO ALBERTO DE LOUVAINE

Também conhecido com Alberto de Brabant.

Nasceu em Monte César, Louvain em 1166, faleceu em 24 de novembro de 1192.

Alberto era filho do Duque Godfrey II de Brabant e sua esposa Margaret de Lomburg, foi criado para a vida religiosa no castelo que é hoje chamado de Mont-César.

Com a idade de 12 anos foi feito cônego de Liége, mas renunciou aos benefícios quando atingiu a maioridade.

Com 21 anos ele foi convidado a ser cavaleiro de seu inimigo Conde Baldwin V de Brabant.

Quando o Legado Papal pregou uma cruzada em Liége alguns meses depois Alberto tomou a cruz e tornou-se cônego novamente.

Ele nunca participou da cruzada, em vez disso foi promovido a Diretor de um Colégio.

Notável pregador e conhecedor das escrituras, em 1191 com a idade de 25 anos, Alberto foi escolhido e eleito, por grande maioria do povo, Bispo de Liége vencendo Alberto de Rethel que era primo de Baldwin e tio da Imperatriz Constance. Sua eleição não era do interesse do Imperador Henry VI que favorecia o tio de sua esposa. Quando a causa foi decidida em Worms o imperador deu a Sé para Lothaire, o qual ele havia nomeado chanceler imperial pela quantia de 3000 marcos.

Para apelar a Roma Alberto viajou disfarçado para evitar ser interceptado pelos homens do imperador. O Papa Celestino III confirmou a sua eleição e Alberto retornou a Liége, mas encontrou Lothaire já intrometido em sua Sé e o Arcebispo Bruno de Colonha não estava desejoso de atrair a ira do imperador, consagrando Alberto. Neste meio tempo o Papa havia feito os contatos necessários com o Arcebispo Willian de Rheims para consagrar Alberto. Isto foi feito em 29 de setembro de 1192.

Dez semanas após sua consagração, Alberto foi morto por três cavaleiros do Rei quando ele estava visitando a Abadia de Saint-Remi, perto de Rheims. Ele foi enterrado com todas as honras de Bispo, na Catedral de Louvain.

Foi assassinado em 24 de novembro de 1192, culto confirmado em 1613.

Ele é muito confundido com São Thomas Becket, de Canterbury, cujo martírio foi muito semelhante.

Na arte litúrgica da Igreja ele é mostrado como um bispo com uma faca na sua cabeça, ou com três espadas no solo ao seu lado.

Sua festa é celebrada no dia 21 de novembro.

Fonte: Site Cadê Meu Santo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJAM BEM VINDOS SEU COMENTÁRIO É UM INCENTIVO E CARINHO