Seguidores

TRADUTOR

domingo, 25 de agosto de 2013

VIDA E ORAÇÃO DE SÃO JOSÉ CALAZANS




25 DE AGOSTO


Nasceu em 11 de setembro de 1556 em Peralta, Barbastro, Aragon, Espanha, no castelo de seu pai.
Mais novo de cinco filhos de Dom Pedro Calazans e Donna Maria Gastónia. Sua mãe e um irmão morreram quando estava ainda na escola. Estudou em Estadilla, na Universidade de Lereda, em Valença, e em Alcala de Henares. Graduou-se em Leis canônicas e em Teologia. Seu pai desejava que ele fosse um soldado, casasse e constituísse família. Mas uma doença muito grave em 1582 fez com que José examinasse seriamente sua vida, e sentisse uma chamada à vida religiosa.

Ordenado em 17 de dezembro de 1583. Pároco em Albarracin. Secretário do Bispo e confessor, examinador e procurador, notável pregador, religioso muito zeloso implantou maior disciplina no clero da  região.
Vigário Geral em Templo, Espanha.
Depois de uma visão, doou grande parte de sua herança e renunciou ao restante e viajou para Roma em 1592. Trabalhou com Ascanio, Cardeal de  Colonha como conselheiro teológico e espiritual do cardeal e trabalhou diretamente com as vitimas da praga de 1595. Milagrosamente não contraiu a terrível doença.

Membro da Confraria para a Doutrina Cristã, tentou colocar as crianças pobres e desabrigadas na escola. Os professores mal pagos se recusaram a trabalhar com estudantes novos sem aumento do salário.
 Assim em novembro de 1597 José e mais dois companheiros fundaram uma pequena escola para crianças pobres. Em breve ele supervisionava diversos professores e centenas de alunos.

Em 1602 eles reorganizaram o ensino na comunidade e mudaram para o Palácio de Torres com muito mais salas. Em 1621 a comunidade foi reconhecida como a Ordem religiosa “La Sciole Pio” e José foi indicado como superior da Ordem: “Os Piaristas”
A comunidade encontrou muitos obstáculos: a amizade de José com o astrônomo Galileu provocou certos problemas com alguns bispos da Igreja. Alguns governantes objetavam que educar os pobres poderia provocar agitação futura. Outras Ordens que trabalharam com os pobres ficaram receosas de serem absorvidas pelos Piaristas.
Mas o grupo continuava tendo a aprovação papal e continuava a fazer o seu extraordinário trabalho.

Já idoso, José viu sua Ordem ser quase extinta. Foi acusado de incompetente pelo Padre Mario Sozzi que foi escolhido como novo Superior. Quando Sozzi morreu em 1643 foi substituído pelo Padre Cherubino que seguiu o mesmo curso de Sozzi, quase acabando com a Ordem.

Felizmente uma comissão papal examinou José e o liberou das acusações e o reinstalou como a Superior da Ordem em 1645.

Mas os problemas continuaram, e em 1646 o Papa Inocêncio X dissolveu a Ordem e colocou os padres sob a jurisdição dos bispos locais.

Os Piaristas se reorganizaram em 1656, oito anos após a morte de José.
Foram restaurados os trabalhos como Ordem Religiosa em 1669 e seu bom trabalho continua até os dias de hoje.

São José Calazans faleceu no dia 25 de agosto de 1648, aos noventa anos,  em Roma de causas naturais e foi enterrado em São Pantaleone, Roma.

Beatificado em 18 de agosto de 1748 Pelo Papa Benedito XIV e  canonizado em 16 de junho de 1767 pelo Papa Clemente XIII.

É padroeiro das escolas de crianças, escolas para pobres e estudantes pobres.

Sua festa é celebrada no dia 25 de agosto.
FONTE:http://www.santoprotetor.com

ORAÇÃO


São José Calasanz, com a permissão de Deus Pai e em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, proteja nossas crianças carentes e marginalizadas que muitas vezes clamam pelo pão que mata a fome, o pão da educação, do amor, da ternura e do afeto, fazendo com que todos nós tenhamos vontade de ajudar e colaborar.
Que assim seja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJAM BEM VINDOS SEU COMENTÁRIO É UM INCENTIVO E CARINHO